Confusão no AIRBNB. Quais são as regras? Anfitriões e hóspedes citam experiências

 


    
        
           Um desentendimento entre uma anfitriã e um hóspede do AIRBNB, ganhou as redes sociais na noite da última quarta (14).
        A conversa acalorada entre os dois, aconteceu após o rapaz, que teve o nome divulgado como, Felipe, realizar um 'churrasco', com amigos e sexo entre o grupo. 
        A anfitriã não gostou do evento e os dois travaram uma discussão. A dona do imóvel, chamada Verônica, citou ao hóspede sobre regras da plataforma. 
        Mas você que já se hospedou ou nunca usou o aplicativo, sabe quais são as regras, para anfitriões e hóspedes?

Regras para anfitrião

            Vale salientar que os anfitriões tem total autônomia para escolherem suas próprias regras, dentro da política da empresa, que pode variar de leve a rígida. 
        Mas as restrições podem ser, exclusão de fumantes a proibição de animais domésticos e a polêmica da semana, festas. 

 Atenção, pois a maioria dos apartamentos e casas proibem fumar

        Muitos propietários ao locarem imóveis com mais de dois quartos, acabam cedendo apenas um, para quem está sozinho, foi o caso de Verônica e Felipe. 
        No aúdio, a anfitriã deixa bem claro que havia disponibilizado apenas um quarto para seu hóspede e que os demais não faziam parte de sua estadia. 
        Em todo o caso, as regras descritas pelos donos de imóveis no aplicativo, devem ser claras e objetivas, para que sejam facilmente entendidas.
        Veja algumas das recomendações:

  • Deixe sinalizado aos fumantes que não poderá recebê-los e ser for permitido, deixe cinzeiros pelo local. 
  • Matenha claro as regras do estacionamento
  • Lembre aos seus hóspedes sobre barulho. E é permitido ao anfitrião a proibição ou não de festas. Desde que esteja exemplificado. Elabore uma política de festas se as permitir. 
  •  Está permitido ao anfitrião a escolha de receber ou não animais domésticos em sua propriedade. Outra vez, a informação deverá estar bem notificada em seu anúncio. Informe sobre parques e costumes locais aos hóspedes (exemplo: recolher as fezes do cachorro). 
  • Todas as informações sobre a residência deverão constar na página do seu anúncio.
    

     O aplicativo solicita ter uma boa comunicação com o hóspede, além de verificar sua identidade. 
     Outra boa dica, citada por muitos que recebem visitantes é ficar atento (a), aos comentários na página dos hóspedes. 

Anfitriões falam sobre
hóspedes e já se tiveram problemas.

José Augusto Chetto, oferece aos seus hóspedes cortesia para o 'Blue Praia Bar'.
Imagem - Reprodução Instagram

            O anfitrião, José Augusto Chetto, que possui um apartamento no Rio Vermelho, em Salvador e oferece cortesias para o 'Blue Praia Bar', contou que não gosta da reserva instantanêa,  recomendada pelo aplicativo. Ele prioriza a satisfação de quem estará recebendo. 
            "Eu não gosto da reserva instantanêa. Ela realmente pode pontencializar as locações, mas o filtro feito é apenas o básico sobre quem é o hóspede. Para o anfitrião que a prioridade é monetizar, muitos fazem. Mas para mim, a prioridade é ver o hóspede satisfeito e eu receber o que é justo perante o que eu ofereço". Aponta.
            De acordo com Augusto, ao receber um contato do visitante a sua consulta consiste em:
            "Avaliações positivas, dão mais tranquilidade, mas negativas, fico mais atento a conversa no chat, sem condenar. Esse negócio de julgar é revanchismo, as vezes ocorre no AIRBNB entre hóspede e anfitrião. As pessoas precisam ensinar com firmeza, mas através do diálogo e do amor. O tempo de cadastro, muito tempo de cadastro e várias locações dão tranquilidade. Cadastros novos, procedo no chat". 
            Assim como alguns outros anfitriões entrevistados pelo blog,  que não quiseram tornar suas histórias públicas, José Augusto, frisou sobre algo que vem se tornando recorrente nesse aplicativo e em outros similares, os golpes.
            "Infelizmente existem já no AIRBNB, hóspedes golpistas que abrem cadastros novos e falsos, para levar ou cometer crimes na acomodação do anfitrião e depois desaparecem no anonimato"
            O empresário acha sumariamente importante o contato com o futuro hóspede no chat do aplicativo. 
            "Dá trabalho, exige atenção, nem sempre vira reserva... Alguns já deixam respostas prontas com todas instruções, mas para mim, cada hospedagem é uma situação, oportunidade que me dedico a saber quem está vindo e a informar o que irei entregar na acomodação"
            José segue declarando nunca ter recusado convidado, mas confessa que os que pedem desconto, o deixa em dúvida entre aceitar ou desprezar uma reserva. 
            "Nunca recusei ninguém, mas se tem algo que me deixa perto de recusar alguém são hóspedes muito 'pedintes', seja por descontos a pedidos inviáveis. Inclusive aqueles que querem fazer negócio por fora do AIRBNB para reduzir taxas. Esses geralmente são sinais de um hóspede que pode dar problema"


Roubo de gás, postergar pagamento,
mentiras sobre trabalho e estelionato.
Dono de apartamento em Salvador, conta
os vários problemas que já teve em outro aplicativo.

            O nosso próximo personagem, preferiu não se identificar, ele tem dois apartamentos disponíveis no AIRBNB e Booking. O anônimo explicou que nunca teve problemas sérios com o primeiro, que ele qualifica como "tranquilo", o único caso que mereceu atenção foi de uma francesa, que chegou ao apartamento e não gostou do local, mesmo conferindo fotos antes do check-in.                     Porém, o proprietário cita o Booking e revela dores de cabeça e problemas causados de um público advindos de lá. 
            O soteropolitano conta sobre uma hóspede, que mentiu, dizendo que estava trabalhando na linha de frente da COVID-19,  no início da pandemia, em um hospital particular de Salvador. 

Hospital onde a estelionatária dizia trabalhar.
Imagem - Reprodução internet

            Segundo a golpista, seria o próprio hospital quem pagaria suas diárias. Ela chegou a solicitar um contrato maior com o dono do imóvel. 
            Sem desconfiar da trama, o anônimo, que ainda não havia recebido parte do dinheiro, que tinha combinado com a mesma, acabou acreditando que a larápia ficaria o tempo mencionado. 
        "Ela disse que foi contratada, aí inicialmente pegou o apartamento por 5 dias. No Booking tem vários tipos de negociação. Lá a gente trabalhava da seguinte maneira, 50% antecipado e 50% no check-in. Ela fez o aluguel por exemplo, numa quarta-feira, para chegar na quinta e aí perguntou se podia pagar tudo na hora. Como era só um dia eu falei, 'tudo bem você pode pagar tudo na hora'. Chegando na hora, ela acabou falando que não tinha, que estava com problema na conta bancária, mas que conseguiu sacar uma parte do valor, que era correspondente a um terço da reserva". 
        Como a moça em questão, disse que depositaria o valor no outro dia, o entrevistado acabou permitido sua permanência no imóvel. Mas o dia passou, outro também, e logo adiante, ela já queria um contrato maior. 
        "Fulano, a direção do hospital quer alugar um apartamento para mim e para minha amiga e a gente quer alugar por seis meses é possível?  Eu falei 'é possível e tal', quanto fica? Passei o valor do aluguel, fizemos o contrato, mandamos para ela. Ela, 'pronto, mande o contrato pra mim, eu vou levar pra direção do hospital, pra gente assinar". O proprietário exigiu um caução, a futura inquilina, disse que faria o pagamento já na próxima semana. Acreditando que o mesmo seria feito pelo hospital, ele não desconfiou do iria acontecer a seguir. 
         "Ela passou uma semana enrolando a gente, dizendo que o hospital estava com problema pra fazer o pagamento,que ela estava providenciando, e aí marcou pra gente ir lá uma semana depois, chegou (o dia), ela sumiu"

          E aí o que vem a seguir, serve de alerta para quem aluga imóveis por temporada. 

          "Quando chegou no sábado, ela fez pra gente um agendamento de transferência, eu fingi que aceitava, fui no apartamento, quando cheguei, eu já estava meio p***, já tinha tido alguns atritos com ela. Eu falei,'oh já que você não pagou, referente ao mês, eu quero que você pague pelo menos referente aos dias que você já está aí, aí eu abato no aluguel do mês, e ela sempre enrolando, dizendo que estava com problema, que isso e aquilo, resultado... fomos lá no sábado (apartamento) e quando chegamos, ela estava no apartamento. Aí eu falei, 'olha você me fez um agendamento de transferência eu não trabalho com agendamento, você vai ter que fazer uma transferência pra minha conta ou pra conta de uma amiga nossa que é do Bradesco igual sua conta".
           Mesmo sendo confrotada, a moça continuou a dizer que o aplicativo estava com problemas. O anônimo pediu que ela se retirasse do apartamento. Filmou e printou toda a ação dela e ainda pediu que a mesma providenciasse o dinheiro, referente a sua estadia, pois daria parte na polícia. 
           "Eu retive o documento dela, que era uma carteira de contadora, ai eu falei, 'Olha vai procurar tudo'. Ela tinha roubado também meu botijão de gás. Ai eu falei, 'providencia meu botijão de gás, providencia o valor referente a reserva e me encontre aqui na Barra (Salvador), na delegacia tal...para você me dar o restante do pagamento. Depois desse aperto ela foi lá, conseguiu providenciar tudo, me devolveu meu gás, me devolveu tudo. Alguns meses depois, a gente viu que ela foi presa em Fortaleza". 

        E foi mesmo...

           Contra a moça são imputados diversos crimes. Ela já foi investigada por roubar, de acordo com o site 'G1', mais de R$ 1 milhão de reais, de uma clínica em Salvador. Há relatos de golpes com carros alugados, cesta básica e até aplicativos de delevery. 


        Mas não para por aí, nosso entrevistado oculto expõe outra triste experiência, no mesmo site. "Um rapaz alugou o apartamento para ele e para a família, eles iriam chegar em um sábado a tarde. Alugaram o apartamento na quinta. Ai eu falei, 'a gente trabalha com o pagamento antecipado, da reserva de 50%". Ai ele, 'estou com problema no internet bank e não posso fazer'. Quando chegou no sábado, quando ele estava no aeroporto pra vir para Salvador. (Também fez o agendamento de transferência). Aí eu falei, olha não trabalho assim. Ai ele, 'ah eu só tenho dessa maneira'. Pedi para providenciar o saque no aeroporto, pra você pegar quando chegar. O voo dele atrasou ia chegar no início da noite, acabou chegando duas e meia da manhã". O dono do apartamento deixou as chaves com o porteiro e disse que passaria no outro dia, para pegar o dinheiro da estadia. Mas no outro dia, o inquilino, havia saído e tentou marcar novamente  outro horário. D (anônimo), tentou ligar para o rapaz da reserva novamente, que acabou não gostando de receber a ligação, pois estava dormindo . 
        "Estou dormindo e vocês ligando pra isso?". D, já insatisfeito com a situação, lhe disse que o acordo não havia sido cumprido e que precisava do dinheiro, ofereceu até para levá-lo em um lugar para que o mesmo sacasse a quantia. Um novo acordo, novamente não seria cumprido, e o hóspede, faz menção de queixa à policia. "Ah vocês falaram com a polícia? Beleza, então iremos conversar com o polícia". D solicita a viatura. "A policia já veio, a viatura. Escutou a história do cara, a nossa e falou com o rapaz. 'Oh amigão, você tem 30 minutos pra sair da casa. Eu vou aqui resolver uma deligência e quando eu voltar quero você fora do apartamento. E aí, ele não ia procurar confusão com a polícia. Eram três caras do sul, com a mãe idosa, passando por essa situação"

        D afirma que mudou sua forma de trabalhar com a Booking. No passado ele e sua família, aceitavam 50% adiantado e os outros 50% após a chegada do viajante, mas isso agora é passado. Para alugar um imóvel com a família, só pagamentos no ato. 

Mas também já tiveram aqueles que
nunca tiveram problema com hóspedes
e agradecem pela conquista

            Sim, eles existem!
         Não são todos os anfitriões que têm problemas com hóspedes, há aqueles que nunca tiveram atrito algum com eles, não possuindo nenhuma história desagradável para contar. Como é o casao de Bruna do Rio Grande do Sul e Dani Talarico de São Paulo. "Eu não tive problema com o AIRBNB, graças a Deus!". Diz Dani. 

 Regras para os hóspedes
e o que eles dizem sobre a primeira vez no aplicativo e as imposições. 
    
        
            Para hóspedes o aplicativo aconselha verificar cada regra redigida pelo dono do imóvel, pois a mesma pode mudar conforme o proprietário (a). 
        As regras podem até variar, mas em sua maioria elas são:

  • Não permitir bebês
  • Não permitir animais domésticos
  • Não permitir fumar
  • Não permitir, festas, churrascos e eventos.
            
                Esse último foi o caso do Felipe e Verônica. 
           A exigência mais recorrente aos que desejam se hospedar em um imóvel é a probição de fumantes e festeiros. 
            Por isso, fique muito atento (a) ao fechar uma hospedagem, para depois não ter uma dor de cabeça ao inflingir uma lei. 


       
    Em setembro de 2020, Isabela Silva, esteve com o namorado, Mateus Ribeiro em Recife, Pernambuco. O jovem casal ficou em um flat, locado pelo AIRBNB, na 'Praia de Boa Viagem', (foto ao lado). Era a primeira viagem deles juntos e primeira experiência do casal de namorados no aplicativo. "Não tivemos contato com o anfitrição, ele deixou a chave na recepção (do flat), e avisou sobre a gente". As regras que o casal iria seguir, eram apenas as que regiam o condomínio. "As regras que nós seguimos, eram mais as do prédio mesmo. Não podia usar trajes de banho no elevador, uso de máscaras (nas dependências). Entre outras"

Isabela Silva e o vídeo que fizeram no flat pelo AIRBNB


        

            Mas se donos de imóveis, os famosos antriões, podem reclamar de algumas atitudes de seus hóspedes, essa queixa também pode vir contrária, como avisa Isabela. "O único problema que tivemos foi a questão de óleo que não tinha, o fogão não estava funcionando e algumas baratas no armário"

        Nosso parceiro, Carlos Ranieri, não tem elogios quando o assunto foi sua primeira experiêcia no AIRBNB. Ao se hospedar em uma casa em Belo Horizonte, o anúncio dizia ser em uma região, mas ao chegar a surpresa. As imagens, não condiziam com a realidade. 


        "Quando cheguei a BH, não achei o lugar bom, já até tinha visto, estranho! Mas quando entrei no apartamento, era algo vazio, sem nada! O fogão não estava funcionando, ela acabou trocando de unidade, mas lá também não tinha nada. Não tinha TV, wi-fi, utensílios de cozinha, era muito ruim. Muita teia de aranha espalhada pela casa, não entendi onde estava a taxa de limpeza que eu tinha pagado. Não tinha lençol, cobertor e estava muito frio. Minha primeira experiência no AIRBNB, não foi boa (risos)", lamenta!


        O blog, entrou em contato com a AIRBNB, que através de sua assessoria de imprensa, nos enviou a seguinte nota. 
        "O AIRBNB informou que está apurando o possível caso mencionado pela reportagem, destacou que possui regras e termos de serviço e que anfitriões ou hóspedes, que desrespeitem as políticas de uso estão sujeitos às medidas cabíveis"
        

Dicas do Roger

            Já estou no aplicativo há muito tempo, nunca levei  reclamação. Endosso as palavras do Ranieri, porque estava com ele, foi um dos problemas que já tive. O outro, uma vez em São Paulo, onde fui me hospedar e a moça não disse que se tratava de quarto compartilhado. Eu tenho o hábito de conversar antes, para dizer exatamente o que não gosto, ambientes compartilhados. 
            Até por conta do meu trabalho, que necessita de silêncio e concentração! 
            Portanto, ela sabia. 
            Quando cheguei à casa, vou fazer igual a Copélia, personagem do 'Toma LÁ da Cá'. 


        Fotografei e disse que não havia como ficar no local.
        Entrei em contato com o aplicativo, que me ressarciu imediatamente, porque viu o caso grave que tinha acontecido. A dica do entrevistado, M, é bastante pertinente, print, filme, fotografe, no caso de estar levando gato por lebre
.
        Para não acontecer algo, crie um diálogo antes. 
        Deixe exemplificado, posso fazer isso, posso fazer aquilo, quais são minhas limitações? Tem WI-FI, tem todo material para conzinhar... para que depois não haja nenhum fato negativo em sua viagem. 
        Se o seu caso for ANFITRIÃO, siga as dicas mencionadas e deixe claro aos seus futuros hóspedes, suas regras, ou fale sobre as mesmas no chat
        No mais, desejo boa estadia no seu rolê!!!!
        E bons hóspedes em sua rediência!!


Instagram - @rolecomroger









   



Comentários

Anônimo disse…
Já alugo minha residência a algum tempo, nunca tive problemas, graças a Deus só tem aparecido hospedes bons. ótimo testo vou vim sempre ler seu blog, parabéns

Que tal um pijaminha para viajar, da grife do ex-BBB Tiago Abravanel

¿Quieres viajar, bucear o comprar un paseo?

Vai viajar para outro país? Contrate o seguro viagem da Allianz Travel com cobertura para Covid-19

Vai viajar para outro país? Contrate o seguro viagem da Allianz Travel com cobertura para Covid-19
Viagens dentro e fora do país, procure a Allianz. Faça aqui mesmo no blog pelo link

Postagens mais visitadas