Escadaria Selarón uma história de amor e morte no centro do Rio de Janeiro

Escadaria Selarón - Lapa - Rio de Janeiro (2021)




                   Morei por mais de 4 anos no Rio de Janeiro e sempre fui à Lapa com amigos ou sozinho, em seus diversos bares, mas nunca conheci a famosa, 'Escadaria Selarón'. 
            Me pergunto o que fiz esse anos todos, que não tive tempo ou me esqueci de visitá-la. 
Estamos falando de um dos pontos mais divertidos e inusitados da capital fluminense. 

   Essa excêntrica, colorida e simpática Escadaria Selarón só poderia estar na Lapa. Bairro alegre, jovem e descolado, onde muita gente sai em busca de animação, em seus diversos barzinhos e boates.  
    A escadaria está entre os bairros Lapa e Santa Teresa e é uma história de amor entre Brasil e Chile, ou de um chileno para brasileiros. 


Continua logo após publicidade 


                    

                        Cada espaço e degrau foi decorado pelo pintor e ceramista chileno, Jorge Selarón (foto ao lado - reprodução internet). 
                        Selarón radicou-se no Brasil na década de 90, mesmo ano em que começou a enfeitar a escadaria, onde veio morar. Todo o material usado era adquirido com a venda de seus quadros. O ceramista também ganhava doações de moradores, empresários e artistas. Tudo era aproveitado em sua obra. 



                        Em 2011, o chileno esteve no 'Programa do Jô', na Globo onde falou sobre o filme baseado em sua vida, 'A Grande Loucura'. 
                "A Grande Loucura foi uma das coisas mais fantásticas que um ser humano fez sozinho. Eu fiz a maior escultura do mundo feita por uma pessoa só, segundo a revista 'National Geographic de Washington DC'"


                    Selarón nasceu próxima a uma cidade muito conhecida do Chile,  município que já falamos no blog e no canal, Viña Del Mar'. Sua cidade  de nascimento é Limache e tem pouco mais de 40 mil habitantes. 
                    Ao chegar no Rio de Janeiro, Jorge Selarón foi morar justamente na escadaria que o tornou famoso e nela também despediu-se da vida, em 2013, quando seu corpo foi encontrado carbonizado, por vizinhos,  ao lado de duas latas de tiner. 

Imagem do corpo de Jorge Selarón estirado no chão da escadaria, próximo á sua residência.
Foto: Reprodução Internet 

                
                        Para algumas reportagens da época, moradores disseram que ouviram gritos de socorro, antes do corpo ser encontrado. Segundo uma matéria da TV Brasil de 2013, (Fonte Youtube), Jorge estava deprimido por causa de ameaças de morte, que vinha recebendo de um ex-colaborador. Uma queixa havia sido registrada da delegacia do bairro. 

 
                    "Ultimamente ele dizia que estava sem forças, que não aguentava mais", disse Del Aquino, vizinho de Jorge ao jornal da TV Brasil. O ex-colaborador do ceramista, chegou a ser apontado como provável autor de um crime. Mas segundo laudos do IML, na época, a probabilidade era de que Jorge Selarón, tenha cometido suicídio. 



                    Em sua chegada na escada, Jorge começou a implantar banheiras que serviam de jardins, já deixando o visual daquele lugar, diferenciado. 


                    Foi durante a Copa de 94, que a escada começou a ser decorada com azulejos. Ela conta com 215 degraus e ufa!!! Conseguir subir todos!!!

Vista do último degrau da escadaria

                    A conclusão de todos os azulejos só aconteceu próximo ao ano 2000. Foi nesse mesmo ano, que algumas alterações começaram a ser efetuadas através de novas ideias, como a introdução dos azulejos vermelhos ao lado da obra, que na concepção do artista, representaria a Ferrari, para ele a cor mais bonita do mundo. 


      
              É incontável o número de azulejos, fala-se em mais de 2000 peças, desde o início, até o topo dos degraus.




                    A escadaria foi tombada em 2005, pela 'Prefeitura do Rio de Janeiro', dois anos antes de ter iniciado meus estudos no Rio de Janeiro. E foi exatamente nessa época, que Jorge, recebeu o título de cidadão honorário carioca. 



            Cinco anos depois ele conclui a 'Bandeira do Brasil', na parte superior da escadaria, na esquina com a Rua Pinto Martins. De acordo com moradores, Jorge chegou a pedir autorização para azulejar os canteiros. 



                        Conhecida e patrimônio tombado a 'Escadaria Selarón', chegou a servir de cena para o filme, 'Hulk' e a série 'CSI Miami'. O rapper, Snoop Dogg, também gravou parte de um clipe no local. Visitantes de todo o mundo, passaram a conhecer a escada mais famosa e irreverente do Brasil. 

            Em cada cantinho da Selarón, existem muitas histórias para serem contadas. Histórias que você vai observando pelo caminho. Como se quem doou, quisesse contar algo em particular ou o próprio Jorge. Histórias como o surgimento do trio elétrico de Salvador, que vocês inclusive já viram no blog e no canal. 


História no azulejo conta o surgimento do trio elétrico em Salvador





        São histórias que trazem muitos relatos sobre colonização,  amor ao esporte, a música, artes, entre tantos outros diálogos, que atraem não só pessoas que estão ali apenas para tirar uma foto legal em um lugar descolado!


                Atrai pessoas que procuram enxergar nessas histórias  o que o chileno de uma cidade de pouco mais de 40 mil habitantes, enxergou e se apaixonou. 
                Os azulejos de Jorge Selarón, dizem mais de nós do que dele próprio. 
                Dizem que somos justamente um país, cheio de culturas mistas e muitos povos. 
                Povos como Jorge e tantos outros Jorges, que ajudaram a criar quem somos!
                Por isso, já te disseram: Obrigado Selarón?








Instagram - @rolecomroger
Twitter - @OfcRogerRibeiro




Comentários

Que tal um pijaminha para viajar, da grife do ex-BBB Tiago Abravanel

¿Quieres viajar, bucear o comprar un paseo?

Vai viajar para outro país? Contrate o seguro viagem da Allianz Travel com cobertura para Covid-19

Vai viajar para outro país? Contrate o seguro viagem da Allianz Travel com cobertura para Covid-19
Viagens dentro e fora do país, procure a Allianz. Faça aqui mesmo no blog pelo link

Postagens mais visitadas